Maria Laet

Maria Laet integra mostra que questiona a visão de mundo em uma sociedade globalizada

(Gante, Bélgica)

O Museum of Fine Arts Ghent recebe até março coletiva “Lines of Tangency”, com trabalhos por nove artistas, incluindo Maria Laet.

12074569_10153112962896669_8573346139094844625_n

Onde as tangentes entre passado e presente, ou entre o “eu” e o homem, repousam? A mostra convida artistas contemporâneos a trabalhar sobre esta zona cinza. Usando mídias variadas, eles desenham um mundo animado onde relações (humanas) são o centro de tudo novamente. Realizando isso, os artistas questionam nossa visão de mundo em uma sociedade globalizada, aparentemente sem limites.

Suas artes materializam a ‘reciprocidade’ em escalas de cinza, em conexões entre pessoas e se relacionam com o mundo vibrante ao nosso redor. Arte no século XXI usa ainda mais dessa subjetividade, em resposta a individualidade e ao radicalismo do século XX.
 
Com: Edith Dekyndt, Aslan Gaisumov, Monika Grzymala, Tim Knowles, Maria Laet, Sarah Sze, Pieter Vermeersch, Gosia Wlodarczak e John Wolseley.

“Lines of Tangency”, com Maria Laet
Em cartaz até 3 de março de 2016

Museum of Fine Arts Ghent
Fernand Scribedreef 1, Citadelpark
Funcionamento: terça a domingo, das 10 às 18h
T.: 0032 (0)9 240 07 00
museum.msk@gent.be

*Imagem destacada: Maria Laet, “Milk on pavement”, 2008



Copyright © Instituto Investidor Profissional