Obra apresentada em "Geometric Progression", individual na White Cube em 2013

Marcius Galan

Indianapolis, EUA, 1972.
Vive e trabalha em São Paulo, SP.

Vencedor do PIPA 2012.
Finalista do PIPA 2010.
Membro do Comitê de Indicação do PIPA 2013.

1º VÍDEO DE MARCIUS GALAN DURANTE O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA ARTÍSTICA NA GASWORKS

2º VÍDEO DE MARCIUS GALAN DURANTE O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA ARTÍSTICA NA GASWORKS

3º VÍDEO DE MARCIUS GALAN DURANTE O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA ARTÍSTICA NA GASWORKS


Video feito pela Matrioska Filmes com exclusividade para o PIPA 2010.

Sobre o artista

Marcius Galan nasceu em Indianapolis, Estados Unidos, filho de pais brasileiros que voltaram para o Brasil antes dele aprender a andar e a falar inglês. Vive e trabalha em São Paulo, formou-se em Licenciatura em Educação Artística pela FAAP em 1997.
Em 2003 ganhou uma bolsa residência de 6 meses na Cité des Arts em Paris através da FAAP e no ano seguinte passou 3 meses de residência no Art Institute de Chicago através da bolsa Iberê Camargo.

Prêmios e Bolsas de Estudo

2013
– Programa de Residências Internacional da Gasworks (parte de prêmio recebido pela vitória do PIPA 2012), Londres, Reino Unido
2012
– Prêmio IP de Arte, Rio de Janeiro, RJ
2011
– Cifo – Cisneros Fontanals comission Prize, Miami, Estados Unidos
2009
– Prêmio aquisição SP-Arte/Iguatemi – aquisição para Pinacoteca do Estado
2004
– Bolsa Instituto Iberê Camargo/Visiting Artists Program – School of the Art Institute of Chicago, Estados Unidos
2003
– Bolsa Faap/Cité Internationale des Arts, Paris, França
1995
– Prêmio Michelangelo de Pintura, São Paulo, SP

Exposições individuais

2014
– “Arquitecturas del Desarraigo”, Ideobox Artspace, Miami, Estados Unidos
– “Como dobrar uma bandeira”, Galeria Silvia Cintra + Box4 – Rio de Janeiro, RJ
2013
– “Diagrama”, Espacio NC, Bogotá, Colômbia
– “Geometric Progression”, Inside the White Cube, White Cube, Londres, Ingraterra
2011
– “Imóvel/Instável”, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
2010
– “Área Útil = Área Comum”, Galeria Silvia Cintra + Box4, Rio de Janeiro, RJ
2009
– “Seção Diagonal [Diagonal Section]”, Galeria Box 4, Rio de Janeiro, RJ
2008
– “Geometria Informal”, Galeria Pedro Cera, Lisboa, Portugal
– “Área Comum”, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
2005
– “Arquipélago”, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
2004
– “Fundo Falso”, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
2001
– “Sem Título”, Temporada de Projetos Paço das Artes, São Paulo, SP
1999
– “Programa de Exposições”, Centro Cultural São Paulo, São Paulo, SP
1998
“3º Andar”, São Paulo, SP
1997
– “Programa Abra de Exposições”, São Paulo, SP
1996
– “Projeto Outdoor”, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP

Exposições coletivas

2014
– “140 Caracteres”, MAM-São Paulo, São Paulo, SP
– “Cruzamentos: Contemporary Art in Brazil”, Wexner Center for the Arts, Columbus, Estados Unidos
– “Experimentando Espaços”, Museu da Casa Brasileira, São Paulo, SP
– Bienal de Vancouver, Vancouver, Canadá
2013
– “Tight but Loose”, Galeria Agustina Ferreyra, San Juan, Porto Rico
– “Imagine Brazil”, artists books section, Astrup Fearnley Museet, Oslo, Noruega
– “Além da Biblioteca”, Feira do Livro de Frankfurt, Alemanha
– “30 x Bienal”, Pavilhão Bienal de São Paulo, SP
– “My third Country”, Frankdael, Amsterdã, Holanda
– “Mitologias por Procuração”, MAM-São Paulo, São Paulo, SP
– “Avante Brazil”, Kunst im Tunnel, Dusseldorf, Alemanha
– “In Lines and Realignments”, Simmon Lee Gallery, Londres, Reino Unido
– “Dreaming is a form of planning”, Galeria Agustina Ferreyra, San Jose, Porto Rico
– “Exposição de Verão”, Galeria Silvia Cintra + Box 4, Rio de Janeiro, RJ
– “Circuitos Cruzados – Centre Pompidou encontra MAM”, MAM- São Paulo, São Paulo, SP
– “Blind Field”, Kannert Art Museum and Kinkead Pavvilion, Illinois, Estados Unidos
2012
– “Para Além do Arquivo”, Banco Cultural Banco do Nordeste, Fortaleza, PE
– “Repeat to Fade”, curadoria Carolyn Drake e Carly McGoldrick, Galeria Mendes Wood, São Paulo, SP
– “Planos de fuga – Uma exposição em obras”, curadoria Jochen Vols e Rodrigo Moura, Centro Cultural, Banco do Brasil, São Paulo, SP
– “This is Brazil! 1990 – 2012″, curadoria David Barro, El Kiosko Alfonso e Palexco, La Coruña, Espanha
– “Expansivo”, Galeria Vermelho, São Paulo, SP
– “The Exact Weight of Lightness”, curadoria Luiza Teixeira de Freitas e Thom O’Nions, galeria Travessia, Cuatro, Madri, Espanha
– “Mapas Invisibles”, curadoria Violeta Horcasitas, Galeria Luis Adelantado, México
– “Curator’s Egg Altera Pars”, Anthony Reynolds Gallery, curatoria Luiza Teixeira de Freitas, Londres, Reino Unido
2011
– “An Other Place”, Galerie Lelong, Neva York, Estados Unidos
– “Mitologias”, curadoria Kiki Mazzucchelli, Cité Internationale des Arts, Paris, França
– “Os Primeiros 10 Anos”, curadoria geral Agnaldo Farias, Inst.Tomie Ohtake, São Paulo, SP
– “En Obras [under construction]”, Coleção Teixeira de Freitas, Curadoria Adriano Pedrosa, Tenerife, Espacio de Las Artes (TEA), Tenerife, Ilhas Canarias, Espanha
– “Des(enho)”, curadoria Rodrigo Moura, Galeria Casas Riegner, Bogotá, Colombia
– “Nova Escultura Brasileira”, organização de Alexandre Murucci, Caixa Cultural, Rio de Janeiro, RJ
– “Viewpoint”, Cisneros Fontanals Art Foundation 2011 Grants and Commissions Program, Miami, Estados Unidos
– “O Colecionador de sonhos”, obras da coleção Figueiredo Ferraz, curadoria Agnaldo Farias, Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, SP
– 8ª Bienal do Mercosul, “Ensaios de Geopoética”, curadoria geral José Rocca, Porto Alegre, RS
– “2/3″, Galeria Pedro Cera, Lisboa, Portugal
– “Um Outro Lugar”, MAM SP, curadoria Luisa Duarte, São Paulo, SP
– 29ª Bienal de São Paulo: obras selecionadas, Museu do Estado, Recife, PE
– 29ª Bienal de São Paulo: obras selecionadas, MAM-Rio, Rio de Janeiro, RJ
– “Vestígios de brasilidade”, curadoria Marcelo Campos, Centro Cultural Santander, Recife, PE
2010
– 29ª Bienal Internacional de São Paulo, “Todo homem tem um copo de mar para navegar”, curadoria Moacir dos Anjos e Agnaldo Farias, São Paulo, SP
– “Pontos de Vista”, Instituto Inhotim, Brumadinho, MG
– “Primeira e Última”, curadoria Rodrigo Moura, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
– “PIPA 2010 – Finalistas”, MAM-Rio, Rio de Janeiro, RJ
– “A Sombra do Futuro: Especulações por Fazer”, Instituto Cervantes, São Paulo, SP
– Trienal de arquitetura Lisboa, “Falemos de casas: Quando a Arte Fala de arquitetura (construir, desconstruir, habitar)”, curadoria Delfim Sardo, Museu Nacional de Arte Contemporânea, Museu do Chiado, Lisboa, Portugal
– “Convivências”, 10 anos da Bolsa Iberê Camargo, curadoria Jailton Moreira, Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre, RS
– “Ecológica”, curadoria Felipe Chaimovich, MAM, São Paulo, SP
– “Para ser Construidos”, curadoria de Agustín Perez Rúbio, Laboratório 987, MUSAC, Leon, Espanha
– “Quem tem medo?”, Galeria Vermelho, São Paulo, SP
– “Zona Maco Sur”, curadoria de Adriano Pedrosa, Zona Maco, Cidade do México, México
– “Dimensões variáveis”, Centro Cultural São Paulo, São Paulo, SP
– “The Library of Babel / In and Out of Place – 176″, Coleção Zabluduwicz, Londres, Reino Unido
– “1 de cada 1″, Galeria Silvia Cintra + Box4, Rio de Janeiro, RJ
2009
– “La importancia del Pez Cebra”, curadoria de Diego Santomé. Pilar Parra & Romero Gallery, Madri, Espanha
– “Collector Collecting”, curadora de Isobel Whitelegg e Maria do Mar Guinle, Gallery 32, Londres, Reino Unido
– “Jardim de Infância: Os irmãos Campana visitam o MAM”, MAM-São Paulo, São Paulo, SP
– “Atenção: Estratégias para perceber arte”, curadoria de Cauê Alves, MAM-São Paulo, São Paulo, SP
– “Desenhos [Drawings] A-Z”, curadoria de Adriano Pedrosa, Museu da Cidade, Lisboa, Portugal
– “Nova Arte Nova”, curadoria de Paulo Venâncio Filho, Centro Cultural Banco do Brasil, São Paulo, SP
– “Summer Show”, Galeria Box 4, Rio de Janeiro, RJ
2008
– “Color into light”, Selections from the MFAH Permanent Collection, curadoria de Alison de Lima Greene, Museum of Fine Arts Huston, Estados Unidos
– “Nova Arte Nova”, curadoria de Paulo Venâncio Filho, Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, RJ
– “Passagens Secretas”, Centro Cultural São Paulo, São Paulo, SP
– “Active Forms”, curadoria de Fernanda Arruda Eleven Rivington Gallery, Nova York, Estados Unidos
– “Soziale Diagramme. Planing Reconsidered”, curadoria de Axel Wieder e Jesko Fezer, Künstlerhaus Stuttgart, Alemanha
– “OIDARADIO”, curadoria de Kiki Mazucchelli e Nick Graham-Smith, Paço das Artes, São Paulo, SP
– “Contraditório”, Panorama da arte brasileira, curadoria de Moacir dos Anjos, Alcalá 31, Madri, Espanha
– “Looks Conceptual ou como confundi um Carl André com uma Pilha de Tijolos”, curadoria de Kiki Mazzucchelli, Galeria Vermelho, São Paulo, SP
2007
– “Contraditório”, curadoria de Moacir dos Anjos, Panorama da arte brasileira, MAM-São Paulo, São Paulo, SP
– “Manual, Instructions for beginners and advanced players”, Kronika Gallery, Bytom, Polônia
– “Most curatorial bienal of the universe”, APEXART, Nova York, Estados Unidos
– “Drawing is a verb [Desenhar é um verbo]”, Collection MCS, curadoria de Adriano Pedrosa, Galeria Porta 33, Funchal, Ilha da Madeira, Portugal
2006
– “Geração da Virada – 10 + 1: Os Anos Recentes da Arte Brasileira”, curadoria de Agnaldo Farias e Moacir dos Anjos, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, SP
– “Contrabando”, curadoria de Carolina Grau, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
– “PARALELA 2006″, organização Daniela Bousso, Ibirapuera, Pavilhão Armando Arruda Pereira, São Paulo, SP
– “MAM na OCA”, curadoria de Cauê Alves, Felipe Chaimovich e Tadeu Chiarelli, Pavilhão da Oca, São Paulo, SP
– “Sem Título”, comodato Eduardo Brandão e Jan Fjeld, MAM, São Paulo, SP
– “URBE”, curadoria de Cauê Alves, Casa Triângulo, São Paulo, SP
2005
– “Além da Imagem”, curadoria de Nessia Leonzi, Centro Cultural Telemar, Rio de Janeiro, RJ
– “Amazonas: um Estado Sustentável”, Palácio do Rio Negro, Manaus, AM
– “VERBO”, curadoria de Marcos Galon e Daniela Labra, Galeria Vermelho, São Paulo, SP
– V Salão Nacional de Arte de Goiás, Goiás, GO
– XI Salão Unama dos Pequenos Formatos, Belém, PA
2004
– “Fragmentos e Souvenires Paulistanos vol. 1″, curadoria de Adriano Pedrosa, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
– “Paralela 2004″, São Paulo, SP
2003
– “A Nova Geometria”, curadoria de Adriano Pedrosa, Galeria Fortes Vilaça, São Paulo, SP
– “Coletiva dos artistas residentes na Cité des Arts”, Cité des Arts, Paris, França
– Coletiva Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
2002
– “Marrom”, Galeria Vermelho, São Paulo, SP
– “Desenhistas e Coloristas”, curadoria de Felipe Chaimovich, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
– “Coleções III”, organização Nessia Leonzi, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
– “Paralela”, Galeria Fortes Vilaça; Casa Triângulo; Galeria Luisa Strina; Galeria Brito Cimino, São Paulo, SP
2000
– “Capela Sistina”, curadoria de Felipe Chaimovich, Galeria Luisa Strina, São Paulo, SP
– “Rumos Visuais Itaú Cultural”, São Paulo, SP
1999
– “Em Torno do Corpo”, curadoria de Viviane Matesco, exposição itinerante do programa Rumos Visuais Itaú Cultural, Itaú Cultural Belo Horizonte, MG; Itaú Galeria, Brasília, DF; Itaú Galeria, Penápolis, SP
1998
– Salão Unama dos Pequenos Formatos, Belém, PA
– “Sem Cura”, Mezanino FAAP, São Paulo, SP
1997
– “Semana de Artes FAAP”, São Paulo, SP
1996
– “Programa Abra de exposições”, organização Ricardo Trevisan, São Paulo, SP
1995
– Prêmio Michelangelo de Pintura, Centro Cultural São Paulo, São Paulo, SP

Links e notícias
http://marcius-trabalhos.blogspot.com.br/
http://mgtexto.blogspot.com/2010/08/area-util-area-comum-materia-o-globo.html

Artista representado pelas galerias Luisa Strina e Silvia Cintra + box 4.

Veja a lista completa de artistas indicados ao PIPA.



Posts relacionados


Videos relacionados


Copyright © Instituto Investidor Profissional