artrio-carioca
0

Apenas com galerias do Rio de Janeiro, ArtRio Carioca começa nesta quinta-feira

(Rio de Janeiro, RJ) A ArtRio Carioca, versão da feira internacional ArtRio composta exclusivamente por galerias cariocas, abre para convidados nesta quinta-feira, dia 8 de dezembro. A primeira edição do evento conta com 22 expositores e apresenta ainda uma série de conversas entre artistas, críticos e colecionadores abertas ao público. A terceira e última dessas conversas acontece amanhã, 6 de dezembro, e convida o artista Waltercio Caldas e o colecionador Álvaro Piquet a debater o tema “Colecionismo”.

fkv_paulo-nazareth_untitled_noticias-de-america_2011-12_01_0-e1480542189681-1021x480
0

“Novos Xamãs”: coletiva em Miami discute grandes questões do Brasil

(Miami, EUA) Resultado das viagens recorrentes da família Rubell ao Brasil em busca de novas aquisições, a exposição “Novos Xamãs: Artistas Brasileiros”, que estreou essa semana no prédio da Rubell Family Collection, apresenta obras de cunho político, social e ambiental de 12 artistas emergentes. São eles: Lucas Arruda, Thiago Martins de Melo, Sonia Gomes, André Komatsu, Daniel Steegman Mangrané, Maria Nepomuceno, Solange Pessoa, Paulo Nimer Pjota, Marina Rheingantz, Eli Sudbrack, Erika Verzutti e o vencedor do Prêmio PIPA 2016 Paulo Nazareth.

15194309_1312622855456444_4856035097907990212_o
0

MAM-Rio abre duas exposições que abordam a História do museu

(Rio de Janeiro, RJ) O MAM-Rio inaugura, neste sábado, 03 de dezembro, duas exposições: “Todo ideal nasce vago”, de Eloá Carvalho, e “Atensão”, de Carlos Zilio. Ambas trabalham com a memória institucional do museu, ainda de que de maneiras distintas: se Eloá a utiliza enquanto matéria-prima para a elaboração de suas pinturas, Zilio a recria, palavra por palavra, obra por obra – “Atensão” é uma remontagem idêntica da mostra histórica de mesmo nome, apresentada há exatos 40 anos atrás.

Adriano Motta. 2016. Publicação.
0

“The Unique Institutional Critique Pop-Up Boutique” questiona o meio e o mercado da arte

(Rio de Janeiro, RJ) Uma loja pop-up. É nisso que a Galeria Cavalo se transforma nesta primeira semana de dezembro. A curiosa mudança faz parte de uma estratégia da nova exposição da galeria, “The Unique Institutional Critique Pop-Up Boutique”. Apresentando obras-objetos (bolsas, camisas, bonés, livros) criados pelos artistas Adriano Motta, Marcelo Cipis e Marta Neves – os três já indicados ao Prêmio PIPA –, além de Alvaro Seixas e Jonas Lund, a ideia da mostra é questionar as estruturas que definem o meio e o mercado da arte.

João Castilho. "Raios", da série "Paisagem Submersa". 2016. Impressão fotográfica. 100 x 150 cm.
0

Coletiva explora o paradoxo entre imagem e movimento na fotografia

(São Paulo, SP) A exposição “Imagem-movimento”, curada por Nathalia Lavigne, tem como eixo central a ideia do movimento e deslocamento na imagem estática, problematizando a definição de Henri Cartier-Bresson da fotografia como um “instante decisivo”. A coletiva, inaugurada esta semana, exibe obras de dez artistas, incluindo os indicados ao Prêmio PIPA Felipe Cama e João Castilho.

Favelagrafia
0

Últimos dias | “Favelagrafia”, um novo olhar sobre as favelas cariocas

(Rio de Janeiro, RJ) Estes são os últimos dias para visitar “Favelagrafia”: a exposição fica só até o domingo, 04 de dezembro, no pilotis do MAM-Rio. O projeto apresenta nove comunidades do Rio de Janeiro –Santa Marta, Alemão, Borel, Providencia, Mineira, Canta Galo, Rocinha, Babilônia e Prazeres – através do olhar dos próprios moradores. Tiradas com a câmera do iPhone SE, as fotos denotam uma favela muito diferente do estereótipo diariamente reproduzido pelos jornais, substituindo as histórias de violência por aquelas que privilegiam a vivência cotidiana – e bela – da comunidade.

Gabriela Mureb. Still do vídeo "Baba".
0

Últimos dias | 11 artistas interpretam a relação entre corpo e encarceramento em “My body is a cage”

(Rio de Janeiro, RJ) Acaba no sábado, 03 de dezembro, a coletiva “My Body Is A Cage”, na galeria Luciana Caravello, com obras de Carla Chaim, Daniel Lannes, Eduardo Montelli, Gabriela Mureb, Igor Vidor, Jorge Soledar, Raquel Nava, Rodrigo Martins, Tales Frey, Zé Carlos Garcia e a vencedora do Prêmio PIPA 2015, Virginia de Medeiros. Curada por Raphael Fonseca, a exposição pretende lançar luz sobre a relação entre corpo, aprisionamento físico e possibilidade de libertação mental.

raul-moura%cc%83o
0

ArtRio Carioca apresenta conversa com Luiz Zerbini, João Sanchez e Raul Mourão

(Rio de Janeiro, RJ) Acontece depois de amanhã, no dia 1o. de dezembro, a segunda conversa da ArtRio Carioca. “Edição de Arte – O múltiplo na cena contemporânea” conta com a presença de Luiz Zerbini, João Sanchez e Raul Mourão, duas vezes indicado ao Prêmio PIPA, e faz parte da programação da ArtRio Carioca, versão reduzida da feira de arte restrita a galerias cariocas que acontece no Village Mall entre 8 e 11 desse mês.

Uma das obras de Julio Leite em cartaz na Sala de Leituras da Casa França Brasil, pertencente à série “Projeto para um novo mundo”.
0

Últimos Dias | Obras de Julio Leite no projeto Palavra_Poema

(Rio de Janeiro, RJ) Vai só até amanhã, dia 30 de dezembro, a exibição na Sala de Leituras da Casa França-Brasil de duas obras de Julio Leite, indicado ao Prêmio PIPA em 2011. Pertencentes à série “Projeto para um novo mundo”, elas inauguraram a iniciativa “Palavra-Poema”, que busca relacionar o hábito da leitura com a apropriação, pela arte experimental, da palavra, imagem, objeto e poema. A ideia é que o espaço seja ocupado por um artista diferente a cada mês, sempre com o mesmo intuito de ampliar “o sentido da arte contemporânea com produções que busquem o desafio da palavra, a lâmina da palavra”.

32bsp-participantes-opa
0

Últimos dias de ativação dos transnômades na 32ª Bienal de São Paulo

(São Paulo, SP) Acontece no próximo final de semana, 3 e 4 de dezembro, os últimos dias de ativação dos Transnômades na 32ª Bienal de São Paulo do coletivo de arte OPAVIVARÁ. A ativação de obra do projeto consiste em um conjunto de carrinhos de mão de interação pública que circulará por dentro do Pavilhão da Bienal, pelo Parque Ibirapuera e por pontos específicos da cidade, buscando um diálogo com as formas de expressão do comércio ambulante e dos carregadores.

Copyright © Instituto Investidor Profissional