Tagged Jonathas de Andrade

DE-2016-BienalSP2-BannerPipa
0

“Dynamic Encounters” na 32ª Bienal de São Paulo

(São Paulo, SP) Participarão os artistas Cecilia Bengolea e Jeremy Deller, Erika Verzutti, Francis Alÿs, Frans Krajcberg, Hito Steyerl, Jonathas de Andrade, Jorge Menna Barreto, Lais Myrrha, Leon Hirszman, Mariana Castillo Deball, OPAVIVARÁ!, Pierre Huyghe, Sonia Andrade, Víctor Grippo, Vivian Caccuri, entre outros.






"Suar a camisa"
0

Jonathas de Andrade apresenta curta-metragem e instalação a partir do dia 11

(São Paulo, SP) Jonathas de Andrade ocupa a sala antonio – o cinema da Galeria Vermelho – com o curta-metragem “O Caseiro” (2016) que propõe um diálogo com o filme de 1959, “O Mestre de Apipucos”, de Joaquim Pedro de Andrade e exibe a instalação “Suar a Camisa” (2014), vista pela primeira vez em São Paulo. Em contato direto com trabalhadores pelas ruas do Recife, de Andrade negociou, trocou e comprou cerca de 120 camisas suadas de trabalhadores da cidade ao final de um dia de trabalho.






IMG_8820
0

Dia 17 de junho | Anúncio dos finalistas do PIPA 2016

Na próxima sexta-feira divulgaremos quem são os finalistas do PIPA 2016. São 4 artistas selecionados entre todos os indicados nesta edição que vão concorrer aos prêmios de R$130 mil do PIPA e R$24 mil do PIPA Voto Popular, além do PIPA Online, a que todos são convidados a disputar. Os finalistas participarão da exposição do Prêmio no MAM-Rio, de setembro a novembro deste ano.






32a-coletiva-release-lista_artistas_PT.indd
0

Bienal de São Paulo anuncia seleção final de artistas confirmados para a 32ª edição

81 artistas têm participação confirmada na seleção final da próxima Bienal de São Paulo, intitulada “Incerteza viva”. Entre eles estão Ana Mazzei, Bárbara Wagner, Cristiano Lenhardt (finalista do PIPA 2015), Erika Verzutti, Jonathas de Andrade (finalista do PIPA 2011), Jorge Menna Barreto, Lais Myrrha, Luiz Roque, OPAVIVARÁ! e Vivian Caccuri. Saiba mais sobre o evento e veja a lista completa de participantes.






Rodrigo Braga
0

38 artistas contemporâneos brasileiros se reúnem na mostra “Soft Power. Arte Brasil.”

(Amersfoort, Holanda) A mostra é inspirada na perspectiva do Rio Olímpico: o segundo evento esportivo a ser sediado no Brasil em alguns meses, após a Copa do Mundo da FIFA em 2014. Na exposição, é questionado que tipo de país escolhe se apresentar dessa forma. Parte da resposta pode ser vista através do trabalho de artistas visuais e coletivos atualmente ativos no Brasil. A arte deles aborda uma grande variedade de questões, desde a posição dos indígenas no norte do país até a falta de água em São Paulo e a política econômica do governo.






Copyright © Instituto Investidor Profissional