Tagged Lucia Koch

“Grid” exibe obras de 14 artistas no Jacaranda, na Villa Aymoré

(Rio de Janeiro, RJ) Mais do que uma simples ferramenta de design, o grid (ou grade) revolucionou a arte ao ajudá-la a se despedir da natureza. Pelo menos é isso que afirma Felipe Scovino, duas vezes membro do Comitê de Indicação do Prêmio e curador de “Grid”. Exibindo obras de 14 artistas – cinco deles, André Komatsu, Ana Holck, José Bechara, Lucia Koch e Raul Mourão, já indicados ao PIPA – a mostra promove uma confraternização neste sábado no Jacaranda, na Villa Aymoré.

Última semana de “Modos de ver o Brasil”, exposição que comemora os 30 anos de atividade do Itaú Cultural

(São Paulo, SP) Obras raras, como dois mapas do século XVII, dividem o espaço expositivo com obras contemporâneas de artistas como Berna Reale, finalista do Prêmio PIPA 2013, Éder Oliveira, finalista do PIPA deste ano e Paulo Nazareth, vencedor do PIPA 2016. Sob a curadoria de Paulo Herkenhoff, “Modos de ver o Brasil: Itaú Cultural 30 anos” está em cartaz na Oca, no Parque Ibirapuera, até este domingo, 13 de agosto, e traz cerca de oitocentas obras de um acervo de 15 mil peças pertencentes ao Banco Itaú.

0

Lucia Koch lança livro em sua cidade natal hoje

(Porto Alegre, RS) Indicada ao Prêmio PIPA em 2011, Lucia Koch lança hoje o livro “Lucia Koch” na sua cidade natal, Porto Alegre, no Bar Ocidente. A publicação, que já tinha sido apresentada em São Paulo em março, é o primeiro livro monográfico sobre a artista, cujo trabalho dialoga intensamente com a arquitetura e o espaço urbano. O livro reúne uma seleção de obras emblemáticas de Lucia, além de textos críticos de Jochen Volz e Dan Cameron.

0

O cotidiano extraordinário na individual de Marcos Chaves

(Nova York, EUA) Marcos Chaves conversou ontem com Lucia Koch e Raul Mourão, ambos já indicados ao Prêmio PIPA, por ocasião da abertura de sua individual na Galeria Nara Roesler – Nova York. A exposição marca tanto os 25 anos de carreira de Chaves – cuja principal marca é a reinterpretação irônica de cenas cotidianas –, como a mudança de endereço da galeria que, antes no Flower District, agora se encontra no Upper East Side.

0

Catorze artistas refletem sobre a cidade e a vida urbana em “Metrópole”

(São Paulo, SP) A Galeria Nara Roesler apresenta, a partir deste fim de semana, a coletiva “Metrópole”, que investiga a cidade e a vida urbana (com suas especificidades, complexidades e adversidades) sob o olhar de 14 artistas, entre estrangeiros e brasileiros – participam, por exemplo, as vencedoras do Prêmio PIPA Alice Miceli e Virginia de Medeiros, além de nomes renomados como Isaac Julien, Hélio Oiticica e Vik Muniz.

0

Últimos Dias | Coletiva “Cromofilia vs. Cromofobia” investiga a cor

(São Paulo, SP) A invenção da tabela cromática na década de 1960 trouxe uma liberdade sem precedentes para os artistas ao oferecer uma alternativa ao tradicional e rígido círculo cromático. É essa liberdade que é celebrada em “Cromofilia vs. Cromofobia: investigações da cor”, coletiva da Galeria Nara Roesler que entra hoje em sua última semana. Com obras de 18 artistas – entre eles os já indicados ao Prêmio PIPA Antonio Dias, Bruno Dunley, Cao Guimarães, Lucia Koch e Rodolpho Parigi – a mostra desafia os espectadores a experimentar a cor.

0

Em “Fundos”, Lucia Koch transforma a percepção do espaço

(Rio de Janeiro, RJ) Lucia Koch, indicada ao Prêmio PIPA em 2011, inaugurou nesse sábado, 03 de dezembro, a exposição “Fundos” no Studio-X Rio. O lugar faz parte do projeto internacional Studio-X, criado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Columbia para pesquisar o futuro das cidades. Uma investigação que em muito se assemelha ao trabalho de Lucia, cujo objetivo é transformar o modo como as pessoas percebem os espaços que habitam.

0

“cromofilia vs cromofobia” | Liberdade e autonomia no uso da cor

(São Paulo, SP) Antonio Dias, Bruno Dunley, Cao Guimarães, Lucia Koch e Rodolpho Parigi participam da coletiva “cromofilia vs cromofobia”, que gira em torno da batalha entre a cartela de cores versos o círculo cromático. Tomando como base teórica o ensaio de David Batchelors, “Cromofilia”, de seu livro Chromophobia, a exposição analisa como os artistas contemporâneos jogam, destroem e revelam a tensão entre o uso de cores industriais do período pós 1960 e o advento da cartela de cores. Batchelor descreve a tabela de cor como “uma lista descartável de cores prontas”.

0

Sleek Magazine lista “Os 5 Artistas Brasileiros que Você Precisa Conhecer”

A finalista do PIPA 2016, Luiza Baldan, aparece em artigo da Sleek Magazine, cujo título é “Os 5 Artistas Brasileiros que Você Precisa Conhecer”. A revista lista 5 artistas emergentes e reconhecidos internacionalmente como aqueles que “moldaram o status de destaque do país na arte contemporânea”. O artigo apresenta a obra “Perabé” de Baldan, exibida na exposição dos finalistas do Prêmio PIPA 2016 no MAM-Rio, em cartaz até 9 de novembro.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA