Tagged Marcius Galan

0

“A Pureza é um mito” reúne trabalhos de 43 artistas

(São paulo, SP) Em 1967, Helio Oiticica expunha “Tropicália” na mostra “Nova Objetividade Brasileira”. Composta, entre outros elementos, por uma série de cabines, uma delas – a Penetrável PN2 – guardava uma frase icônica no seu interior: a pureza é um mito. A expressão dá nome a coletiva “A Pureza é um Mito: o monocromático na arte contemporânea”, em cartaz na Galeria Nara Roesler desde a semana passada, que faz parte da 27ªa edição do projeto Roesler Hotel, criado para promover o diálogo entre as comunidades artísticas nacional e internacional.

0

Cartografia e arte contemporânea lado a lado em “A vastidão dos mapas”

(Curitiba, PR) De um lado, um conjunto de mapas originais dos séculos XVI, XVII e XVIII. De outro, obras de artistas contemporâneos. A fórmula foi idealizada por “A vastidão dos mapas”, exposição que ocupa o Museu Oscar Niemeyer desde o final de maio. Exibindo 15 mapas do núcleo de cartografia da Coleção Santander Brasil em conjunto com obras de 33 artistas contemporâneos – entre eles, o vencedor do Prêmio PIPA 2012 Marcius Galan e o indicado Rodrigo Torres –, a mostra pretende questionar os espaços, as fronteiras, os fluxos territoriais e deslocamentos.






0

Marcius Galan inaugura instalação no MASP, “Ponto em escala real”

(São Paulo, SP) Passaram-se mais de dois meses desde a inauguração de “Avenida Paulista”, no Museu de Arte de São Paulo (MASP), até que a obra de Marcius Galan, comissionada especialmente para a exposição, fosse finalmente fosse instalada. Um círculo preto de tecido medindo 50m de diâmetro e ocupando quase todo o Vão Livre, “Ponto em escala real” é uma representação literal de um ponto em um mapa de escala 1:1.






0

Última semana | “Projeto em Preto e Branco”

(Rio de Janeiro, RJ) Esta é a última semana para conferir “Projeto em Preto e Branco”, reedição da exposição de mesmo nome realizada há quinze anos atrás. Com curadoria de Silvia Cintra, da Silvia Cintra + Box 4, a mostra mantém o tema original – obras em preto, branco, ou preto e branco –, mas muda os participantes, apresentando obras de 15 artistas.






0

Mostra histórica sobre preto e branco ganha nova edição

(Rio de Janeiro, RJ) Há quinze anos atrás, em 2002, Lygia Pape participava de sua última exposição em vida. A mostra em questão, “Projeto em Preto e Branco”, ganha uma nova edição a partir deste sábado, 18 de março, na Silvia Cinta + Box 4. O tema continua o mesmo: obras em preto, branco, ou preto e branco. Os participantes, no entanto, são outros, constituindo uma lista de quinze artistas dos quais cinco já foram indicados ao Prêmio PIPA, incluindo o vencedor de 2012 Marcius Galan.






0

Novos e antigos olhares sobre a Avenida Paulista em exposição do MASP

(São Paulo, SP) Não só de cartões-postais vive a Avenida Paulista. Símbolo de São Paulo, o endereço carrega consigo as contradições e tensões da própria cidade. Foi pensando nisso que o MASP decidiu organizar “Avenida Paulista”, coletiva que apresenta antigos e novos olhares sobre a avenida centenária. Os antigos correspondem a documentos dos mais diversos, entre fotografias, objetos, cartazes e outros, produzidos de 1891 a 2016; já os novos aparecem através do olhar de 17 artistas contemporâneos – nove deles já indicados ao PIPA –, em projetos comissionados especialmente para a exposição.






0

Últimos dias | “Empty House – Casa Vazia”, coletiva sobre as influências do Neoconcretismo

(Nova York, EUA) “Empty House – Casa Vazia” é exposição de esculturas que atravessa gerações de artistas brasileiros cujas obras se relacionam ao legado do Neoconcretismo. Desafiando o racionalismo e a objetividade universal da abstração antecedente, os artistas neoconcretos buscaram meios de se expressar que iam além das formas imutáveis do objeto e adotaram uma abordagem de modo a expandir o vocabulário da escultura. Participam Adriano Costa, Erika Verzutti, Marcius Galan e Rodrigo Matheus.






O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA