Tagged Matrioska Filmes

montagem-gris-1
0

Em entrevista ao Pipa, Naiana Magalhães fala sobre seus trabalhos em vídeo

Naiana Magalhães começou com a pintura e o desenho, práticas que serviram como base para seus trabalhos em video. A artista acredita que é através do video que ela encontra a razão para todas as questões narrativas de imagem e de construção. Anualmente os artistas que participam do PIPA são convidados a gravar uma entrevista em vídeo com exclusividade para o Prêmio. Com elas conhecemos melhor os artistas, suas carreiras, idéias e motivações. As entrevistas são gravadas por Skype e produzidas pela Matrioska Filmes.

“eufonia”, vídeo, 2012, 7', vídeo que faz parte de uma série gravada durante o projeto “ventríloquo ou minha voz é uma máquina”, quando a artista permaneceu um mês e meio na Ucrânia falando unicamente através de um sintetizador de voz
0

Luísa Nóbrega conta como o estilo de vida nômade influencia em seus trabalhos em entrevista exclusiva ao Pipa

Há quatro anos Luisa Nóbrega vive entre residências artísticas e casa de amigos, nunca ficando mais de 3 meses em um mesmo lugar. Para a artista, que trabalha com questões que envolvem comunicação e linguagem, viajar é um exercício na prática da troca de códigos. Nóbrega explica: “É performance o jeito que a gente senta pra comer no restaurante, que a gente se apresenta para alguém, o jeito que a gente anda na rua, onde a gente pode sentar ou não, que tipo de roupa a gente veste em cada lugar. Tudo isso são códigos de performance”.

“Post mortem”, 2016, desenho feito com pemba vermelha (giz utilizado em rituais de Umbanda) e lápis dermatográfico sobre algodão cru, 113x150 cm, edição única, foto: Filipe Berndt
0

Conheça mais dois artistas indicados ao PIPA 2016 em entrevistas inéditas

Esta semana Carla Chaim e Jaime Lauriano gravaram entrevistas exclusivas para o prêmio. No vídeo, Lauriano explica sobre a importância das parcerias para produzir seus trabalhos e sobre uma de suas obras em que convidou pessoas que fazem tecelaria manual para confeccionar bandeiras do Brasil. Já Carla Chaim fala sobre a influência das aulas no curso de história da arte em seu trabalho. A artista questiona ainda como o sujeito de hoje está inserido na sociedade, quais são seus limites tanto físicos como sociais.

“Indivíduos em atitude suspeita em especial os de cor parda e negra”, 2015, entalhe em eucalipto de frases de racismo institucional, encontradas em comunicados oficias e boletins de ocorrência, da Policia Militar Brasileira, 30x90x3 cm, edição única
0

Jaime Lauriano fala sobre seus trabalhos que abordam a presença do negro na História do Brasil em entrevista exclusiva ao Pipa

Jaime Lauriano utiliza a umbanda para refazer os quatro primeiros mapas brasileiros e as rotas do navio negreiro para evidenciar que a construção é feita através dessa violência da deportação dos povos africanos para trabalhar como escravos no Brasil. Além disso, explica a importância das parcerias para produzir seus trabalhos e conta sobre uma de suas obras em que convidou pessoas que trabalham com tecelaria manual para confeccionar bandeiras do Brasil para compor os quadros. Anualmente os artistas que participam do PIPA são convidados a gravar uma entrevista em vídeo com exclusividade para o Prêmio. Com elas conhecemos melhor os artistas, suas carreiras, idéias e motivações. As entrevistas são gravadas por Skype e produzidas pela Matrioska Filmes.

18
0

Carla Chaim fala sobre a preparação para gravar suas performances em entrevista exclusiva ao Pipa

Carla Chaim fala sobre a influência das aulas no curso de história da arte em seu trabalho. Ela questiona como o sujeito de hoje está inserido na sociedade, quais são seus limites tanto físicos como sociais. Para gravar as vídeo performances passou a prestar mais atenção em gestos, ações e nas articulações do corpo. Anualmente os artistas que participam do PIPA são convidados a gravar uma entrevista em vídeo com exclusividade para o Prêmio. Com elas conhecemos melhor os artistas, suas carreiras, idéias e motivações. As entrevistas são gravadas por Skype e produzidas pela Matrioska Filmes.

64
0

Daniel Beerstecher fala sobre seus trabalhos em entrevista exclusiva ao Pipa

Anualmente os artistas que participam do PIPA são convidados a gravar uma entrevista em vídeo com exclusividade para o Prêmio. Com elas conhecemos melhores os artistas, suas carreiras, idéias e motivações. Esta semana divulgamos uma nova entrevista com Daniel Beerstecher. Há 5 anos morando no Brasil, o artista alemão, que também já morou no México, conta que viver em países diferentes ajuda em sua produção artística.

“Gilded Cage”, 2008, vídeo, 9”
0

Daniel Beerstecher fala sobre seus trabalhos em entrevista exclusiva ao Pipa

Há 5 anos morando no Brasil, o alemão Daniel Beerstecher vai a Alemanha anualmente fazer exposições. O artista, que já morou no México, conta que viver em países diferentes ajuda em sua produção artística. Anualmente os artistas que participam do PIPA são convidados a gravar uma entrevista em vídeo com exclusividade para o Prêmio. Com elas conhecemos melhor os artistas, suas carreiras, idéias e motivações. As entrevistas são gravadas por Skype e produzidas pela Matrioska Filmes.

"Near Life”, 2013, Colagem, 22,3 x 30,4cm
0

Assista às entrevistas com os artistas indicados ao PIPA 2016

Esta semana entrevistamos os artistas Arissana Pataxó, Ingrid Bittar, Leandra Espírito Santo e Pedro França. Arissana explica a importância da representatividade da cultura indígena, enquanto Leandra conta sobre como morar no centro do Rio de Janeiro influencia nas composições de seus trabalhos. Ingrid fala sobre a evolução de suas colagens enquanto Pedro comenta o desafio de trabalhar com cores. Assista às quatro entrevistas inéditas.

pedro f dest
0

Pedro França fala sobre o desafio de trabalhar com cores em entrevista exclusiva ao Pipa

Pedro França, que até pouco tempo optava pelo preto e branco em seus trabalhos, fala um pouco de sua obra que consiste em figurinos “zumbi” super coloridos e sobre como o conhecimento teórico das artes pode atrapalhar a produção artística. Anualmente os artistas que participam do PIPA são convidados a gravar uma entrevista em vídeo com exclusividade para o Prêmio. Com elas conhecemos melhor os artistas, suas carreiras, idéias e motivações. As entrevistas são gravadas por Skype e produzidas pela Matrioska Filmes.

Copyright © Instituto Investidor Profissional