Tagged Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

0

Gaudí e a Barcelona dos anos 1900 chegam amanhã ao MAM-Rio

(Rio de Janeiro, RJ) O lendário arquiteto Antoni Gaudí é o protagonista da exposição “Gaudí: Barcelona, 1900”, que abre amanhã, 16 de março, no MAM-Rio. Com curadoria de Raimon Ramis e Pepe Serra, a mostra já passou por diversas instituições e reúne 46 maquetes – quatro em escala monumental – e 25 objetos e móveis concebidos pelo artista, além de cerca de outros 40 trabalhos de artistas e artesãos contemporâneos ao arquiteto.

0

Em cartaz | “Em polvorosa, um panorama das coleções do MAM-Rio”

(Rio de Janeiro, RJ) Se os interessados em visitar “Em Polvorosa: um panorama das coleções do MAM-Rio”, em cartaz desde 30 de julho do ano passado no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, ainda têm bastante tempo – a exposição fica em cartaz até 05 de março – , esta é a última semana para visitar as obras da mostra localizadas no “espaço monumental” do museu. Com curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes, a coletiva é composta por obras das três coleções do museu (MAM-Rio, Gilberto Chateaubriand e Joaquim Paiva) que, combinadas, produzem diversos panoramas da produção artística brasileira e internacional.






0

“Favelagrafia” | Um novo olhar sobre as favelas cariocas

(Rio de Janeiro, RJ) O projeto destaca 09 comunidades do Rio de Janeiro, através do olhar dos próprios moradores. A exposição consistirá em artes tipográficas feitas a partir das imagens dos fotógrafos locais. As comunidades retratadas são: Santa Marta, Alemão, Borel, Providencia, Mineira, Canta Galo, Rocinha, Babilônia e Prazeres.






0

Acompanhando o 4.º Festival Arte Core, chega a mostra “Dentro|Fora”

(Rio de Janeiro, RJ) No foyer do MAM-Rio, estão trabalhos do artista alemão A. R. Pencke e do carioca Gustavo Speridião, finalista do Prêmio PIPA 2016, onde arte e grafite dialogam. Nascidos em diferentes países e pertencentes a diferentes gerações, Penck e Speridião alimentam em suas obras influências que vão além da história da arte e reforçam o interesse e a conversa da arte com a cultura urbana, onde as duas pontas se influenciam e se reinventam. De dentro para fora e de fora para dentro.






0

“Em Polvorosa”, exposição mistura as três grandes coleções do MAM Rio

(Rio de Janeiro, RJ) Em Polvorosa: um panorama das coleções MAM Rio não foi concebida a partir de temas ou de questões. O nome é uma homenagem ao artista Tunga: em uma das obras sem título da série Desenhos em polvorosa, vemos corpos entrelaçados, que de tão próximos se misturam e acabam tendo seus limites confundidos. Encontramos no desenho de Tunga o que poderia ser considerada uma imagem-símbolo desta exposição.






0

Dia 17 de junho | Anúncio dos finalistas do PIPA 2016

Na próxima sexta-feira divulgaremos quem são os finalistas do PIPA 2016. São 4 artistas selecionados entre todos os indicados nesta edição que vão concorrer aos prêmios de R$130 mil do PIPA e R$24 mil do PIPA Voto Popular, além do PIPA Online, a que todos são convidados a disputar. Os finalistas participarão da exposição do Prêmio no MAM-Rio, de setembro a novembro deste ano.






Copyright © Instituto PIPA